Defensores públicos participam de inspeção de rotina na Apac feminina da Capital

Por Assessoria de Comunicação em 10 de novembro de 2020

Os defensores públicos Ana Paula Carvalho Starling Braga e Rodrigo Zamprogno, da Defensoria de Execuções Penais, da DPMG, participaram nesta segunda-feira (9/11) de inspeção na Apac feminina de Belo Horizonte. 

Participaram também o juiz da Vara de Execuções Penais da Capital, Marcelo Augusto Lucas Pereira; o presidente e o vice-presidente da unidade da Apac em Belo Horizonte, Marcelo Costa e Maurilio Pedrosa, respectivamente. 

A Apac-BH conta com 83 recuperandas. Além da inspeção de rotina, o grupo conversou e participou de um almoço com as internas.

Para a defensora Ana Paula Starling a metodologia cumpre o propósito da execução penal, que é a ressocialização do apenado. “Realizamos uma inspeção de rotina na unidade de Belo Horizonte, contudo, para nós, habituados com o sistema prisional convencional, foi uma manhã de muita alegria e prazerosa, culminada com um almoço com as recuperandas. A DPMG acredita na ressocialização do ser humano e as Apacs proporcionam isto concretamente e com amor.”

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS