CURSOS E EVENTOS

Curso de Formação de Gênero e Raça/Etnia - Módulo V

DATA

03/08/2022

HORÁRIO

14:00 a 16:00

LOCAL

Youtube - c/defensoriamineira e Plataforma Teams

Post Thumbnail

Módulo V do Curso de Formação Continuada em Gênero e Raça/Etnia terá início em 3 de agosto abordando atendimento antidiscriminatório

 

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG), por meio de sua Escola Superior (Esdep-MG), inicia no mês de agosto o Módulo V do “Curso de Formação Continuada em Gênero e Raça/Etnia: Uma Perspectiva Interseccional da Defensoria Pública”.

O primeiro encontro deste módulo acontece no dia 3/8 (quarta-feira), no horário de 14 às 16 horas.

 

A abordagem será em volta do seguinte tema: “Como garantir acolhimento e atendimento antidiscriminatório às meninas e mulheres que chegam à Defensoria Pública?”.

 

Como facilitadores participam a educadora social e professora de dança afro, Marilda Cordeiro, criadora do projeto “O corpo em ação”, com mulheres em situação de violência no Alto Vera Cruz pelo Programa Mediação de conflito; e a educadora social e dançarina Scheylla Bacellar, umas das fundadoras da Coletiva Mulheres da Quebrada, com o foco no cuidado e no afeto com mulheres do Aglomerado da Serra.

 

A defensora pública em atuação na unidade de Viçosa, Ana Flávia Soares, cocoordenadora do Programa Casa das Mulheres que atende mulheres em situação de violência doméstica, participa como mediadora.

O Curso de Formação Continuada conta com apoio da Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais (ADEP-MG).

 

Como participar

 

Para aqueles que se inscreverem, as aulas ocorrerão na Plataforma Teams. O link de acesso será enviado ao participante por email. Encerrado o curso, será disponibilizado também o certificado em caso de frequência mínima de 75%.

 

Os não inscritos poderão acompanhar o curso por transmissão em tempo real no canal da Defensoria Pública de Minas Gerais no YouTube (c/defensoriamineira).


Confira os módulos anteriores no canal da DPMG, clicando aqui.


 

UNIDADES

Abre Campo - Sede

,

Além Paraíba - Sede

,

Alfenas - Sede

,

Araguari - Sede

,

Araxá - Sede

,

Arcos

,

Areado - Sede

,

Baependi - Sede

,

Bambuí - Sede

,

Barbacena - Sede

,

Barroso

,

Belo Horizonte - Defensoria Especializada dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes – DEDICA - Infracional

,

Belo Horizonte - Defensoria de Auditoria Militar

,

Belo Horizonte - Fórum Lafayette

,

Belo Horizonte - Juizado Especial Criminal

,

Belo Horizonte - Sede 1

,

Belo Horizonte - Sede 2

,

Belo Horizonte - Sede 3

,

Belo Horizonte - Unidade Barreiro

,

Betim - Sede

,

Boa Esperança - Sede

,

Bom Despacho - Sede

,

Bonfim - Sede

,

Borda Da Mata - Sede

,

Brasília/DF - Sede

,

Brumadinho - Sede

,

Camanducaia - Sede

,

Cambuí - Sede

,

Campanha - Sede

,

Campina Verde - Sede

,

Campo Belo - Sede

,

Caratinga - Sede

,

Carmo Do Cajuru - Sede

,

Cassia - Sede

,

Cataguases - Sede

,

Caxambu - Sede

,

Conceicão Do Mato Dentro - Sede

,

Confins - Subunidade De Cooperação De Pedro Leopoldo

,

Conselheiro Lafaiete - Sede

,

Contagem - Sede

,

Coromandel - Sede

,

Curvelo - Sede

,

Divinópolis - Sede

,

Ervália - Sede

,

Extrema - Sede

,

Formiga - Sede

,

Francisco Sá - Sede

,

Frutal - Sede

,

Governador Valadares - Sede

,

Guanhães - Sede

,

Guaranésia - Sede

,

Guaxupé - Sede

,

Ibiraci - Sede

,

Ibirité - Sede

,

Igarapé - Sede

,

Iguatama - Sede

,

Ipatinga - Sede

,

Itajubá - Sede

,

Itamogi - Sede

,

Itamonte - Sede

,

Itaúna - Sede

,

Ituiutaba - Sede

,

Iturama - Sede

,

Jaboticatubas - Sede

,

Janaúba - Sede

,

Januária - Sede

,

João Monlevade - Sede

,

Juiz De Fora - Sede

,

Lagoa Da Prata - Sede

,

Lagoa Santa - Sede

,

Lavras - Sede

,

Leopoldina - Sede

,

Luz - Sede

,

Manhumirim - Sede

,

Mariana - Sede

,

Matias Barbosa - Sede

,

Monte Alegre De Minas - Sede

,

Monte Santo De Minas - Sede

,

Monte Sião - Sede

,

Montes Claros - Sede

,

Muriaé - Sede

,

Nanuque - Sede

,

Nova Lima - Sede

,

Novo Cruzeiro - Sede

,

Ouro Fino - Sede

,

PARAOPEBA - SEDE

,

Palma - Sede

,

Pará de Minas - Sede

,

Passa Quatro - Sede

,

Passos - Sede

,

Patos de Minas - Sede

,

Patrocínio - Sede

,

Pedro Leopoldo - Sede

,

Pirapetinga - SEDE

,

Pirapora - Sede

,

Pitangui - Sede

,

Poços de Caldas - Sede

,

Ponte Nova - Sede

,

Pouso Alegre - Sede

,

Resende Costa - Sede

,

Ribeirão das Neves - Sede I

,

Ribeirão das Neves - Sede II

,

Rio Preto - Sede

,

Sabará - Sede

,

Sacramento - Sede

,

Santa Luzia - Sede

,

Santa Rita do Sapucaí - Sede

,

Santos Dumont - Sede

,

São João Del Rei - Sede

,

São João Nepomuceno - Sede

,

São João da Ponte - Sede

,

São Lourenço - Sede

,

São Sebastião do Paraíso - Sede

,

Sete Lagoas - Sede

,

Teófilo Otoni - Sede

,

Três Corações - Sede

,

Três Pontas - Sede

,

UNAÍ - SEDE

,

Ubá - Sede

,

Uberaba - Sede

,

Uberlândia - Sede

,

Varginha - Sede

,

Vespasiano - Sede

,

Viçosa - Sede

,

Visconde do Rio Branco - Sede

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Curso de Formação continuada com debates em gênero e raça/etnia: uma perspectiva interseccional da Defensoria Pública


Abril (06 e 29): O que significa atuar na Defensoria Pública com a perspectiva de gênero e raça/etnia: onde estamos e para onde devemos caminhar?


Maio (06 e 17): O papel da Defensoria Pública frente a ideologias discriminatórias que sustentam as estruturas opressoras: qual Defensoria queremos?


Junho (01 e 24): O que são as interseccionalidades da violência e de que forma elas se apresentam à Defensoria Pública?


Julho (06 e 15): A partir do olhar interseccional, quais devem ser as diretrizes da Defensoria Pública no enfrentamento à criminalização da pobreza?


Agosto (03 e 26): Como garantir acolhimento e atendimento antidiscriminatório às meninas e mulheres que chegam à Defensoria Pública?


Setembro (14 e 30): Como conduzir práticas extrajudiciais e ações judiciais a partir de uma perspectiva antidiscriminatória que garanta a efetivação de direitos das meninas e mulheres atendidas pela Defensoria Pública?


Outubro (05 e 21): Representatividade, violência política de gênero e políticas públicas para mulheres. Qual deve ser a postura da Defensoria Pública diante desse cenário excludente?


Novembro (18 e 30): O papel da Defensoria Pública na Rede de Enfrentamento à Violência contra as Meninas e Mulheres, sob a ótica da Lei Maria da Penha: como concretizar uma política pública efetiva?


Dezembro (02 e 07): Direitos sexuais e reprodutivos, violência obstétrica e aborto legal. De que formas a Defensoria Pública poderá atuar na prevenção da mortalidade materna, infantil e fetal?

Compartilhar com: