Defensoria Especializada na Defesa dos Direitos da Mulher em Situação de Violência – NUDEM-BH

Por Assessoria de Comunicação em 4 de fevereiro de 2021

O Núcleo de Defesa da Mulher e População LGBT da Defensoria Pública do Estado do Maranhão vem se manifestar publicamente repudiando as agressões, ofensas e ameaças de conteúdo misógino dirigidas à defensora Clarice Binda, titular do Núcleo de Direitos Humanos da instituição. Note-se que a Defensoria Pública ingressou com ação judicial solicitando, entre outros pedidos, lockdown no estado do Maranhão com suspensão de atividades não essenciais por 14 dias caso a taxa de ocupação de leitos continuasse elevada em virtude do vertiginoso aumento de casos de covid-19.

Ocorre que após a publicidade da ação, os defensores se viram expostos a discursos de ódio e vários tipos de ameaça pelas redes sociais, contudo essas violências recaíram especialmente sobre Clarice Binda, única mulher no grupo de defensores que assinou a petição.

As agressões a ela endereçadas, de conteúdo evidentemente misógino, demonstrando ódio e desrespeito à mesma, por ser mulher, com exposição de sua vida privada e da imagem seu filho menor, exemplificam bem a presença da violência de gênero estrutural em nossa cultura, sempre se manifestando inclusive em contextos que não dizem respeito às mulheres diretamente, a fim de menosprezá-las. Assim, expressamos nossa solidariedade a Clarice Binda e repudiamos veementemente todo o tipo de violência contra a mulher.

São Luís, 04 de fevereiro de 2020.

LINDEVANIA DE JESUS MARTINS SILVA
Defensora Pública do Estado do Maranhão
Titular do Núcleo de Defesa da Mulher e População LGBT

Apoio da Defensoria Especializada na Defesa dos Direitos da Mulher em Situação de Violência – NUDEM-BH

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS