Casamento Comunitário de BH está de volta. Festa da cidadania será dia 19 de maio no Minascentro

Por Assessoria de Comunicação em 13 de maio de 2022

Evento faz parte do calendário oficial da Defensoria Pública de Minas Gerais e é retomado após 2 anos de suspensão por causa da pandemia

O tradicional Casamento Comunitário da Defensoria Pública de Minas, em Belo Horizonte, será realizado no dia 19 de maio, no Minascentro, a partir das 10 horas, em uma grande festa da cidadania. O evento, que chega à sua quinta edição na capital, faz parte do calendário oficial da Instituição e também integra a programação da Semana da Defensoria Pública 2022.

O evento é retomado após dois anos de suspensão. Em 2020 e 2021 não foi promovido em razão da pandemia de Covid-19.

A iniciativa é voltada para pessoas hipossuficientes, que moram em Belo Horizonte, e sonham se casar, mas não têm condições de arcar com as taxas dos cartórios. Nesta edição, 169 casais se inscreveram. A ação da DPMG dá oportunidade aos casais de legalizarem sua situação civil e realizarem o sonho do grande dia: a cerimônia nupcial. 

Tradicionalmente, a cerimônia conta com entrada em tapete vermelho, marcha nupcial, troca de alianças, ornamentação especial, vestido de noiva, bolo fake, bem casados e bombons, sessão de maquiagem, sorteio de presentes e noite de núpcias em hotel, benção ecumênica e muito mais. É realizada com o apoio de parceiros e uma rede de solidariedade e compromisso social. 

Haverá sorteio, entre os casais, de diárias de hotel, sessões de beleza e estética, pares de ingresso para cinema, três meses de academia, cestas básicas.

O Casamento Comunitário se destaca por proporcionar não só a proteção jurídica e garantia dos direitos civis da família e sucessões, mas a regularização de relações familiares, a valorização do afeto do casal e, consequentemente, da família, revelando-se importante fator de prevenção aos conflitos sociais. 

Além dos aspectos social, afetivo e jurídico, o Casamento Comunitário garante aos cidadãos vulneráveis a possibilidade de realizar a união civil com isenção de taxas e emolumentos. 

A defensora pública Caroline Loureiro Goulart Teixeira, que atua na organização da iniciativa, destaca que “além de celebrar o amor, a união civil garante segurança jurídica em questões como pensão, auxílios, inventários, partilha e direito de herança”. 

Parceiros 

A ação conta com o apoio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, por meio da Corregedoria-Geral de Justiça, Cartórios de Registro Civil de Belo Horizonte, Polícia Militar de Minas Gerais, Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de Minas Gerais (ADEP-MG) e Governo de Minas Gerais, além de uma ampla rede de parceiros.

Apoiam o evento o Supermercados BH, Copasa, Minascentro, Setra-BH, Senac, Rsom, Ju Bem Casados, Gaby Doces, Artfas, Madrinha do Coração, Valentina Maison, Hotel Ouro Minas, Ramada Hotel Lourdes, Minas Shopping, V Design, Andréa Sá Bolos Cenográficos, MM Efeitos Especiais, Super Cesta Básica de Alimentos, Restaurante DuCarmo, Boca de Forno, Gabriela Martins Estética Facial e Corporal, Salão Studio Pura Vaidade, Embalarte e Academia VibeFitness.

Realização 

A iniciativa é realizada por meio da Coordenadoria Regional de Famílias e Sucessões da Capital, com o apoio da Coordenadoria de Projetos, Convênios e Parcerias (CooProC). 

Cerca de 8.000 pessoas já oficializaram sua união por meio do Casamento Comunitário, desde a primeira celebração do evento, que acontece em Belo Horizonte e também em unidades da DPMG no interior desde 2009. 

Serviço

Casamento Comunitário de BH/2022

Local: Minascentro – Avenida Augusto de Lima 785, Centro

Sessão de maquiagem dos noivos: a partir das 8 horas

Início da cerimônia: 10 horas

Mais informações/entrevistas: (31) 3526-0456/0510/0514 ou pelo email ascom@defensoria.mg.def.br 

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS