Coronavírus: Coletivo Ocupa e Educa faz campanha em apoio a famílias indígenas

Por Assessoria de Comunicação em 13 de maio de 2020

O Coletivo Ocupa e Educa distribuiu cestas básicas para 21 famílias indígenas de vários estados e nações que vivem e trabalham em Belo Horizonte e na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O movimento, que agrega estudantes, representantes de diversos grupos sociais e a Defensoria Pública de Minas Gerais, em defesa dos direitos das pessoas e de uma educação de qualidade, tem como cofundadora a defensora pública Francis de Oliveira Rabelo Coutinho, coordenadora do projeto Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar (Mesc) “Paz em Ação”.

As cestas foram adquiridas com a verba arrecadada pelo Coletivo em brechó beneficente.

As famílias atendidas foram selecionadas a partir do Movimento Indígena Organizado. Muitas têm sua fonte de renda no artesanato, mas no contexto da pandemia do coronavirus estão impossibilitadas de expor sua arte em feiras e nas ruas.

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS