Defensora pública-geral reúne defensoras e defensores públicos aposentados para promover intercâmbio de experiências e aperfeiçoamento da atuação

Por Assessoria de Comunicação em 22 de agosto de 2022

 A Defensoria Pública-Geral promoveu nesta segunda-feira (22/8) um encontro com defensoras e defensores públicos aposentados. O evento ocorreu na sala de reuniões do Gabinete e foi conduzido pela defensora pública-geral Raquel da Costa Dias.

“O objetivo é buscar uma maior aproximação com os colegas que, ao longo dos anos, deixaram um importante legado na história da Instituição a partir da significativa contribuição individual e coletiva para a construção e consolidação do trabalho realizado e que permitiu à Defensoria Pública mineira se tornar a Instituição que somos hoje”, destacou Raquel da Costa Dias.  

Fotos: Marcelo Sant’Anna/DPMG

Além da defensora-geral e sete defensoras e defensores públicos aposentados, participaram o corregedor-geral, defensor público Galeno Gomes Siqueira; a chefe de Gabinete, defensora pública Caroline Goulart; as integrantes das assessorias Institucional e de Planejamento e Infraestrutura, defensoras públicas Emília Castilho e Giza Gaudereto; a superintendente de Gestão de Pessoas, Carla Carvalho; e o presidente da Associação das Defensoras e dos Defensoras Públicos de Minas Gerais (ADEP-MG), defensor público Fernando Martelleto.       

Num bate-papo descontraído, Raquel da Costa Dias reforçou a importância de resgatar e aproveitar a experiência de trabalho das defensoras e defensores aposentados, sobretudo em iniciativas voluntárias ligadas a ações extrajudiciais desenvolvidas na atual gestão. O encontro também serviu para que a defensora–geral ouvisse algumas das reinvindicações daquelas e daqueles que já se aposentaram.

Entre uma e outra história, resgatada por defensoras e defensores públicos aposentados, houve discussão de ideias, bem como a retomada de iniciativas pré-pandemia, como o projeto “Vozes da Experiência”.

O relato da defensora pública Moema Guaraciaba Gomes Pereira reflete o sentimento coletivo pela iniciativa da atual gestão de promover o encontro. “É um prazer e uma alegria muito grande voltar à Defensoria Pública 20 anos depois de me aposentar deste órgão que me fez uma mulher aguerrida, forte, valente. O que até me emociona neste momento muito importante para mim, de resgate dos bons momentos vividos”, disse.

Além de Moema Pereira, participaram do encontro as defensoras e defensores públicos aposentados Irma Luzia de Paiva Reis, Maria Auxiliadora Viana Pinto, Maria das Dores Costa, Bellini Figueiró Bastos, Varlen Vidal e Geraldo Magela Metri Pinto.

Todas e todos os que compareceram ao encontro se colocaram à disposição da defensora pública-geral para ajudar e contribuir na realização de projetos a partir da experiência adquirida. “O compartilhamento dessas vivências profissionais será de grande valia para a construção e o aperfeiçoamento do trabalho realizado pela Defensoria Pública de Minas Gerais. E é a partir dessas vivências que conseguiremos formar o coração das novas defensoras e defensores que chegam”, concluiu Raquel Gomes.     

Jacques Leal – Jornalista/DPMG

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS