Projeto da DPMG, “Caminho para o Recomeço” se aproxima do fim alcançando cerca de 3 mil pessoas

Por Assessoria de Comunicação em 14 de junho de 2021

Ação social acolheu famílias em situação de vulnerabilidade do município de Conselheiro Lafaiete com arrecadação de alimentos, roupas e produtos de higiene e limpeza

Devido aos impactos causados pela pandemia de Covid-19, a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) promoveu o projeto “Caminho para o Recomeço”, em Conselheiro Lafaiete, com o intuito de auxiliar as pessoas em situação de vulnerabilidade. A campanha de arrecadação de donativos, que teve início no dia 11 de maio de 2020, se encerra no dia 30 de junho próximo.

Com o apoio de parceiros como o Movimento Familiar Cristão, o projeto já acolheu em torno de 3.000 pessoas em situação de vulnerabilidade. Além disso, destacam-se também parceiros como Super Cesta Básica de Alimentos, Comunidade Viva sem Fome, Mesa Brasil SESC e Supermercados BH, que atuaram como importantes apoiadores.

A ação, que inicialmente seria realizada durante um mês com a distribuição de cestas básicas para 45 famílias de pessoas assistidas pela Defensoria Pública, foi estendida e permaneceu em vigência por 13 meses devido à adesão dos voluntários nas doações. Receberam auxílio, durante todo o projeto, famílias em situação de vulnerabilidade financeira e também as famílias de pessoas encarceradas ou egressas do sistema carcerário em Conselheiro Lafaiete.

Por meio do “Caminho para o Recomeço”, com gestão da defensora pública Isabela Salomão Silva (coordenadora da Regional Metalúrgica e local da DPMG), já foram entregues, até o momento, 456 cestas básicas. As entregas foram feitas mensalmente às famílias necessitadas do município.  As doações serão recebidas até o dia 30 de junho na sede da Defensoria Pública em Conselheiro Lafaiete. Para aqueles que ainda têm interesse em ajudar, os números para contato telefônico, são (31) 3762-3847 e (31) 998455-2104.

“O projeto Caminho para o recomeço foi uma experiência muito gratificante. Atuar próximo da sociedade e dos nossos assistidos foi um verdadeiro presente, além de mostrar para a comunidade um lado mais aparente da Defensoria Pública como agente de transformação social. Não tenho palavras para agradecer a todos os apoiadores”, diz a defensora pública Isabela Salomão.

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS