Subdefensora-geral detalha ações de inovação da DPMG para atendimento ao cidadão em debate no 1º Seminário Mineiro de Integridade

Por Assessoria de Comunicação em 30 de setembro de 2020

A subdefensora pública-geral do Estado, Marina Lage Pessoa da Costa, participou nesta quarta-feira (30/9) da 3ª Sessão de Debate do 1º Seminário Mineiro de Integridade, evento online que reúne especialistas em integridade e autoridades de todas as esferas de poder de Minas Gerais para debater temáticas relativas à integridade e prevenção à corrupção.

Com Marina Lage, representando a Defensoria Pública de Minas Gerais, e o deputado estadual Guilherme da Cunha Andrade, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o painel reuniu as instituições reconhecidas pelos serviços públicos oferecidos diretamente à população, abordando como a melhoria atendimento ao cidadão é uma importante ação no sentido do fomento à integridade pública.

O professor da Universidade Federal de Uberlândia e membro do Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção do Estado de Minas Gerais, Vidigal Fernandes Martins, foi o mediador.

Observando que a integridade deve ser intrínseca ao serviço público e é um convite à reflexão sobre como fazer melhor, a subdefensora pública-geral pontuou ações com as quais a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) tem aperfeiçoado seus serviços e processos internos com foco no interesse público. Ela ilustrou sua apresentação com lâminas gráficas contendo programas, ações e dados da Instituição.

Marina Lage partiu dos princípios que norteiam o Protocolo de Intenções para a criação da Rede Mineira de Integridade – RMI, assinado por órgãos estaduais, entre eles a DPMG, e falou sobre alguns processos adotados pela Instituição visando à melhoria dos serviços.

Nessa seara, a subdefensora citou a otimização do atendimento ao público-alvo da DPMG com a adoção de ferramentas digitais, como o projeto “Fala Defensoria”, o “Sistema de Agendamento Online”, o APP DPMG; e o “Serviço de Atendimento Processual”.

Subdefensora pública-geral, Marina Lage

A subdfensora-geral abordou ainda o fortalecimento da atuação extrajudicial da Defensoria mineira, com a implantação gradativa de centros de conciliação e mediação, na Capital e nas unidades do interior do estado; e da atuação no rompimento da barragem em Brumadinho, em que a DPMG construiu um método alternativo para reparação justa e célere dos direitos individuais violados.

Ao finalizar, Marina Lage salientou a importância da credibilidade das instituições e citou pesquisas recentes que demonstram o reconhecimento e a confiança da população na Defensoria Pública de Minas Gerais.

Clique aqui para assistir a 3ª Sessão de Debate.

1º Seminário Mineiro de Integridade

O evento é uma iniciativa conjunta da Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE-MG), Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG), Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais (DPMG) e Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), com o apoio da Transparência Internacional Brasil (TIBr).

Alessandra Amaral – Jornalista / DPMG

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS