Defensoria Pública de Minas dá início ao 7º Curso de Formação Inicial das defensoras e defensores públicos empossados

Por Assessoria de Comunicação em 8 de março de 2021

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG), por meio de sua Escola Superior (Esdep MG), deu início, nesta segunda-feira (8/3), ao 7º Curso de Formação Inicial da segunda turma das novas defensoras e defensores públicos aprovados no VIII Concurso de provas e títulos para ingresso na carreira da Instituição.

A abertura aconteceu no Auditório da DPMG em BH, com as medidas de prevenção ao contágio da Covid-19 – Fotos: Marcelo Sant’Anna/DPMG

O defensor público-geral de Minas Gerais, Gério Patrocínio Soares, abriu o encontro dando as boas-vindas aos novos colegas e expressando sua alegria em recebê-los na Instituição.

O DPG enfatizou a importância de se buscar sempre a felicidade, condição essencial para um olhar humano e escuta verdadeira dos assistidos, pressupostos para a atuação sensível e diferenciada que caracteriza a atividade dos defensores públicos.

Após a apresentação individual dos novos defensores públicos e da equipe da Defensoria-Geral presente no evento, o DPG destacou o espírito comum de ajudar os assistidos da Instituição, o que se materializa ainda mais com a chegada dos novos membros. 

Ao finalizar, Gério Soares enfatizou a importância do equilíbrio do trinômio leveza, compromisso e seriedade, desejou tranquilidade para os novos membros da Casa e reforçou o apoio e disponibilidade da Defensoria Pública-Geral.

Defensor-geral Gério Soares conversa com os novos defensores

A chefe de Gabinete da DPMG, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias, forneceu um panorama das atribuições da Chefia de Gabinete, como atuação administrativa, comunicação e agenda institucional.

Raquel Gomes enfatizou o perfil diferenciado da Defensoria Pública, abordando sua vocação de interlocução com demais instituições.

Ela falou sobre a atuação administrativa e extrajudicial da DPMG relacionada ao Comitê Extraordinário Covid-19 e no atendimento aos atingidos pelo rompimento da barragem de Brumadinho, o que tem gerado respostas e soluções efetivas para a população, sem necessidade de judicialização e de forma rápida.

Ela conversou, ainda, sobre habilidades técnicas e emocionais que fazem diferença para uma atuação profissional de excelência.

Chefe de Gabinete Raquel Gomes: “A Defensoria Pública é a Instituição da interlocução e do diálogo”

As atribuições da Assessoria Institucional foram detalhadas pelos assessores Wilson Hallak Rocha e Gustavo Gonçalves Martinho.

O subdefensor público-geral do Estado, Nikolas Stefany Macedo Katopodis, conduziu os trabalhos da parte da tarde.

Os assessores Cláudio Miranda Pagano e Juliana de Carvalho Bastone forneceram informações sobre a Assessoria Jurídico-Institucional, passando pela atuação em processos judiciais que envolvem a defesa de prerrogativas da Instituição e pela atividade diária dos defensores públicos.

Por videoconferência, a assessora de Administração Estratégica e Inovação Letícia Fonseca Cunha falou, em linhas gerais, sobre o Planejamento Estratégico.

Entre outros dados, ela informou sobre a abertura de consulta, até 20 de março, para encaminhamento de sugestões para elaboração da proposta do Plano Geral e Atuação (PGA) 2021/2022.

O subdefensor-geral Nikolas Katopodis falou sobre as atribuições da Subdefensoria Pública-Geral, que controla a gestão dos órgãos de estrutura administrativa, além de acompanhar e gerenciar a execução orçamentária.

Subdefensor-geral Nikolas Katopodis detalhou as atribuições da Subdefensoria Pública-Geral. Foto: Claudinei Souza/DPMG

A assessoria de Planejamento e Infraestrutura Giza Magalhães Gaudereto forneceu informações relacionadas à gestão de pessoas e questões ligadas ao Processo Judicial Eletrônico.

Com o apoio do subdefensor-geral Nikolas Katopodis e da coordenadora de Projetos, Convênios e Parcerias, Michelle Lopes Mascarenhas Glaeser, foi feita uma apresentação do primeiro Planejamento Estratégico da DPMG, atualmente em execução.

Curso de Formação Inicial

O 7º Curso de Formação Inicial continua até o dia 7 de maio. Na programação estão previstas apresentações da Corregedoria-Geral, Conselho Superior, Associação de Classe e da Assessoria Militar da DPMG, além de representantes de outras instituições, como Poderes Executivo e Judiciário, Ministério Público, Polícia Militar, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil.

O curso contempla também temas e aspectos técnicos, como atuação no júri, processos eletrônicos, entre outros, além de práticas supervisionadas.

Alessandra Amaral – Jornalista/DPMG

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS