DPMG terá novo Sistema de Gerenciamento Institucional – GERAIS

Por Assessoria de Comunicação em 28 de janeiro de 2021

Iniciativa é mais um passo da Defensoria Pública de Minas Gerais na era digital

A Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) está finalizando o novo Sistema de Gerenciamento Institucional – GERAIS, da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, que substituirá o SIGED – Sistema de Gestão da Defensoria Pública.

Com a implantação do GERAIS, o portal Casa (SIGED) sairá do ar e, em seu lugar, um novo ambiente vai integrar todas as suas funcionalidades, de forma organizada e dinâmica.

Além das ferramentas já utilizadas na DPMG, o GERAIS traz novidades, como sistema de segurança, despesa pessoal, sistema de gestão de produtividade e gestão de arquivos, entre outras, já com as adaptações necessárias para atendimento à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Os benefícios são muitos. O sistema de segurança, por exemplo, proporciona maior segurança e cumprimento das obrigações de privacidade e de proteção de dados pessoais das assistidas e assistidos, usuárias e usuários.

O sistema garante a segurança nas duas pontas – no armazenamento dos dados, inclusive com recursos de criptografia, e no acesso aos dados, que só pode ser feito através de chaves de segurança específicas, permitindo o acesso de defensoras e defensores públicos e servidoras e servidores, não apenas por meio de senha, mas também por biometria e token pessoal.

O sistema de segurança foi totalmente desenvolvido pela equipe da STI, o que resultou em um custo, no mínimo, quatro vezes inferior do que se fosse contratado externamente.  

Em breve, o GERAIS permitirá ainda a integração dos novos módulos do Atendimento Presencial e Peticionamento Eletrônico, que já estão em desenvolvimento. Também a nova versão 2.0 do Fala Defensoria na web será acessada pelo novo sistema.

Para promover essa integração, a Diretoria de Desenvolvimento de Sistema e Projetos da DPMG tem feito um detalhado trabalho de análise, extração, conferência e ajuste do banco de dados atualmente armazenado no SIGED, que contém todos os registros de atendimentos dos nossos assistidos.

Na prática, isso possibilitará a integração dos dados antigos com o novo sistema de atendimento presencial, de modo que não haja perda de nenhuma informação nesse processo.

Outro diferencial que merece ser destacado é que o novo sistema será integrado ainda às plataformas disponíveis no APP DPMG.

Soluções sustentáveis

Muitas mudanças estão transformando a vida e o trabalho de todas e todos. São desafios que exigem um mundo cada vez mais conectado.

A boa notícia é que esta combinação e integração de diferentes sistemas, de modo a conectá-los em um único ecossistema corporativo, facilitará o trabalho de todos, a gestão das equipes, a documentação dos processos e os fluxos de trabalho na nossa instituição.

Na ponta, o resultado é a melhoria no atendimento às assistidas e assistidos, com a DPMG entregando o valor que o cidadão espera dos órgãos públicos – aumento da eficiência dos serviços oferecidos, agilidade nas entregas e uso inteligente de recursos, com redução de custos.

A Defensoria Pública de Minas está sempre em busca de soluções digitais e sustentáveis, em favor dos assistidos e que simplificam o desenvolvimento das atividades das defensoras e dos defensores públicos, servidoras e servidores, e estagiárias e estagiários da Instituição.

Aguarde a implantação do GERAIS nos próximos dias e acesse: gerais.defensoria.mg.def.br.

Alessandra Amaral – Jornalista/DPMG

Compartilhar com:
Tags:

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS